Terça-feira, 5 de Outubro de 2010

Descobreram uma língua na Índia

El koro apenas lo hablan mil personas

Identifican una nueva lengua en la India

MADRID, 5 Oct. (EUROPA PRESS) -

Un grupo de investigadores ha identificado un nuevo lenguaje para la ciencia en una remota región de la India. Conocido como koro, parece ser distinto de otros idiomas de la familia a la que pertenece, pero también está bajo amenaza de desaprecer.

 

El lingüista Gregory Anderson realiza una de las primeras grabaciones a una hablante de koro, en Arunachal Pradesh. CHRIS RAINIER | NATIONAL GEOGRAPHIC

 

El koro fue descubierto por un equipo de lingüistas en una expedición por Arunachal Pradesh, en el noreste de la India  El equipo forma parte del programa de National Geographic "Enduring Voices", un proyecto para la protección de lenguas indígenas amenazadas.

 

Los investigadores estaban buscando otros dos idiomas poco conocidos hablado sólo en una pequeña área. Cuando oyeron y grabaron estos, se encontraron con una tercera lengua que era completamente nueva para ellos y que nunca había sido antes descrita.

 

"No tenía que ir muy lejos en nuestra lista de palabras para darse cuenta de que era muy diferente en todas las formas posibles", dijo el doctor David Harrison, uno de los jefes de expedición. Los lingüistas registraron miles de palabras y encontraron que koro era distinto de otros idiomas en el área, informa la BBC en su edición digital.

 

Pertenece a la familia tibetano-birmana , que incluye alrededor de 150 lenguas que se hablan en la India. Pero los científicos no han podido encontrar ninguna otra lengua estrechamente relacionado con Koro dentro de este grupo.

 

Se cree que aproximadamente la mitad de los 6.909 idiomas conocidos del mundo están en peligro de extinción y koro es vulnerable. Nunca se ha escrito y sólo lo hablan entre 800 y 1.200 personas.

 

http://www.europapress.es/sociedad/ciencia/noticia-identifican-nueva-lengua-india-20101005191155.html

 

http://www.elperiodico.com/es/noticias/sociedad/20101005/identificada-una-nueva-lengua-india-que-apenas-hablan-mil-personas/517778.shtml

 


Identificada língua desconhecida na Índia
Por Redacção

Uma equipa de investigadores identificou uma língua desconhecida, referida como “Koro”, que é falada por não mais de 1200 pessoas numa região do Nordeste da Índia.

Os investigadores, que participam num projecto da National Geographic, explicam que a língua é distinta de todas as outras da família tibeto-birmanesa, a que pertence. «Não foi preciso ir muito longe na lista de palavras para perceber que [a língua] era extremamente diferente em todos os aspectos», explicou à BBC o linguista David Harrison, que liderou a equipa de investigadores.

Agora, os especialistas pretendem aprofundar o estudo do Koro, perceber como pôde passar despercebida durante tanto tempo e prevenir a sua extinção – risco real, já que o universo de falantes é extraordinariamente reduzido.


21:39 - 05-10-2010

 

http://www.abola.pt/mundos/ver.aspx?id=224944
Sentimo-nos: koros
Música: koro
Publicado por AG às 23:03
Ligação da entrada | Comentem | Adicionem aos favoritos
|  O que é? | Partilhári
Comentário(s):
De olivencalivre a 19 de Outubro de 2010 às 18:51
REVISTA "GADANHA", Estremoz, Outubro de 2010


PORTUGUÊS AMEAÇADO

Chamaram-lhe "chaporreo" sem sentido,
disseram ser idioma degenerado,
língua de trapos, veiculo perdido
para se exprimir algo de elevado!

Disseram nunca dever ter aparecido,
quanto mais costumar ser falado
por um povo, num recanto esquecido
que vê o seu passado desprezado.

Oh, fala de Olivença, cru alentejano
falado durante séculos sem fim
pelos teus filhos no trato humano!

Não é possível que termines assim
como se não tivesses passado mundano,
como se nunca foras usado, enfim...

Carlos Eduardo da Cruz Luna
Estremoz, 21 de Junho de 2007




OS ESQUECIDOS(*)
Guiaste caravela, sem experiência,
de África Negra à Prais Lusitana;
Aires Tinoco, a tua presciência
honrou Portugal e a Terra Alentejana.

Brilhaste na Corte de Sua Eminência,
músico nascido à beira do Guadiana;
Vicente Lusitano, a tua sapiência
ficou célebre na Cidade Vaticana.

Foste poeta joanino, Camões do Rossio,
provinciano em destaque na Grande Lisboa,
sonetista alentejano de reconhcido brio.

De todos três, a memória não tece loa
em Olivença, donde cada um era gentio,
mas onde a vossa glória já não soa...

Estremoz, 08-Março-2007
Carlos Eduardo da Cruz Luna

(*)Homenagem a três oliventinos: Aires Tinoco, navegador do século XV, época de D.
Henrique; Vicente Lusitano, o maior músico português do século XVIM; e Caetano José da
Silva Souto-Maior, poeta do século XVIII, tempo de D. João V

Comentem entrada

.Hora solar de Olivença

.Procurem neste blógui

 

.Que horas são?

Hora oficial:

.Contadôri


contador de visitas

.Entradas recentes

. Pastor (Ánchel Lois Salud...

. Português cristang ou cri...

. Dia de Portugal em Oliven...

. Línguas americanas na Amé...

. Volta a língua portuguesa...

. "Tinta verde" (Vitorino):...

. Mais ruas bilingues em 20...

. Olivença através dos livr...

. Valenciano de Múrcia (201...

. 600 oliventinos portugues...

.Arquivos

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.Palavras-chave

. todas as tags

.Ligações

.Dicionário galego-português

Pesquisa no e-Estraviz

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
blogs SAPO

.Participem

. Participem neste blógui

.Contadôri

.subscrever feeds