Terça-feira, 28 de Agosto de 2012

"Quando já não estivermos" (livro de González Carrillo)

COMUNICADO DE IMPRENSA


Cuando ya no estemos, o novo livro do autor José Antonio González Carrillo (Olivença, 1975), narra o acontecer das obras de arte, das tradições, dos factos e dos valores arquitetónicos mais íntimos e desconhecidos da cidade de Olivença e do seu contexto histórico através dos séculos.

 

Progressivamente, desde que, em 1801 Olivença sofreu a mudança de nacionalidade e o processo de espanholização, muitos dos seus valores culturais, expressões artísticas e tradições portuguesas foram sendo descontextualizadas nos âmbitos quotidianos do meio.

 

Com este pretexto e inspiração, o autor do livro, em pleno século XXI, encontra a oportunidade de revitalizar o referido património, descontextualizando-o novamente, mais uma vez; mostrando-o sob diferentes prismas, muitas vezes artificiais; utilizando recursos gráficos e montagens com documentos históricos, azulejos, obras de arte sacra ou telas, pegadas de séculos passados que temperam e reforçam o valor documental de cada página da publicação.

 

Desta forma, e conscientemente, González Carrillo reivindica a importância de todo este conjunto patrimonial menos conhecido para denunciar que, sem ele, a personalidade atual de Olivença não poderia ser totalmente valorizada.

 

Um livro de caráter intimista e de complexa confeção, pela dispersão das obras compiladas, hoje em dia diluídas em mãos privadas e instituições, e também na sua forma de conceptualização, sempre com o inconfundível selo criativo do autor.

 

As obras de José Antonio González Carrillo, definidas pela crítica como “trabalho comprometido e de vincada personalidade criativa”, tiveram um importante acolhimento em âmbitos nacionais e internacionais, sendo a fotografia e o desenvolvimento criativo o eixo principal do seu legado artístico.

 

O autor recebeu diversos prémios relacionados com a publicidade e a fotografia, e publicou os seus trabalhos e obras em prestigiadas revistas do setor gráfico e audiovisual de todo o mundo.

 

Criador incansável, agora desenvolve uma intensa atividade em diferentes projetos, à procura, com o seu particular olhar, do motor da sua criação mais essencial e pessoal.

 

Outros livros do autor:

 

Oliventinos (2005), Saudade (2006), Olivenza oculta (2009), La herencia portuguesa en las cofradías de Olivenza (2010), Almas da Magdalena (2011).

 

O livro será apresentado na sexta-feira 14 de setembro, às vinte horas espanholas, no Museu Etnográfico “González Santana” de Olivença.

 

 

Vídeo promocional do livro, no seguinte endereço:

http://www.youtube.com/watch?v=d-B_7EmsE5Q

 

 

Título: Cuando ya no estemos - Quando já não estivermos.

Autor: José Antonio González Carrillo

Língua da publicação: Espanhol - Português

ISBN: 978-84-615-6714-0

 

 

 

NOTA DE PRENSA

 

Cuando ya no estemos, el nuevo libro del autor José Antonio González Carrillo (Olivenza, 1975), narra el devenir de las obras de arte, las tradiciones, los sucesos y los valores arquitectónicos más íntimos y desconocidos de la ciudad de Olivenza y su contexto histórico a través de los siglos.

 

Progresivamente, desde que, en 1801, Olivenza sufrió el cambio de nacionalidad y el proceso de españolización, muchos de sus valores culturales, expresiones artísticas y tradiciones portuguesas fueron descontextualizándose en los ámbitos cotidianos del entorno.

 

Bajo este pretexto e inspiración, el autor del libro, en pleno siglo XXI, encuentra la oportunidad de revitalizar dicho patrimonio, descontextualizándolo de nuevo, una vez más; mostrándolo bajo diferentes prismas, muchas veces artificiales; utilizando recursos gráficos y montajes con documentos históricos, azulejos, obras de arte sacro o lienzos, huellas de siglos pasados que aderezan y refuerzan el valor documental de cada página de la publicación.

 

De esta forma y de manera consciente, González Carrillo reivindica la importancia de todo este conjunto patrimonial menos conocido para denunciar que, sin él, la personalidad actual de Olivenza no podría ser valorada en su totalidad.

 

Un libro de carácter intimista y de compleja realización debido a la dispersión de las obras recopiladas, hoy en día diluidas en manos privadas e instituciones, y también en su forma de conceptualización, siempre bajo el inconfundible sello creativo del autor.

 

Las obras de José Antonio González Carrillo, definidas por la crítica como “trabajo comprometido y de marcada personalidad creativa”, han tenido una importante acogida en ámbitos nacionales e internacionales, siendo la fotografía y el desarrollo creativo el eje principal de su legado artístico.

 

El autor ha recibido diferentes galardones relacionados con la publicidad y la fotografía, y ha publicado sus trabajos y obras en prestigiosas revistas del sector gráfico y audiovisual de todo el mundo.

 

Creador incansable, en la actualidad desarrolla una intensa actividad en diferentes proyectos, buscando, en su particular mirada, el motor de su creación más esencial y personal.

 

Otros libros del autor:

 

Oliventinos (2005), Saudade (2006), Olivenza oculta (2009), La herencia portuguesa en las cofradías de Olivenza (2010), Almas da Magdalena (2011).

 

El libro será presentado el viernes 14 de septiembre a las ocho de la tarde, en el Museo Etnográfico “González Santana” de Olivenza.

 

 

Vídeo promocional del libro, en la siguiente dirección:

http://www.youtube.com/watch?v=d-B_7EmsE5Q

 

 

Título: Cuando ya no estemos - Quando já não estivermos.

Autor: José Antonio González Carrillo

Idioma de la publicación: Castellano - Portugués

ISBN: 978-84-615-6714-0

Sentimo-nos: ausentes
Música: ausentiva
Publicado por AG às 09:39
Ligação da entrada | Comentem | Adicionem aos favoritos
|  O que é? | Partilhári
Comentário(s):
De movimentoautonomiaolivenza a 31 de Agosto de 2012 às 17:13
Mais um excelente trabalho de José Antonio González Carrillo que vem demonstrar que Olivença é terra de cultura lusófona e de identidade nacional própria portuguesa oliventina. Rafel Pereira
De olivencalivre a 6 de Setembro de 2012 às 12:49
LINHAS DE ELVAS, 06-Setembro-2012//AGENDA CULTURAL//Página 27
"Cuando ya no estemos"
No próximo dia 14 de Setembro. às vinte horas espanholas, no Museu Etnográfico "González Santana", de Olivença, vai ser lançado o novo livro do autor José António González Carrillo (Olivença, 1975) intitulado "Cuando ya no Estemos".
A obra narra o acontecer das obras de arte, das tradições, dos factos e dos valores arquitectónicos mais íntimos e desconhecidos da cidade de Olivença e do seu contexto histórico através dos séculos.

Comentem entrada

.Hora solar de Olivença

.Procurem neste blógui

 

.Que horas são?

Hora oficial:

.Contadôri


contador de visitas

.Entradas recentes

. "O rei leão" em asturiano

. "Ruas e aldeias de Oliven...

. Ruas bilingues em Táliga?

. Nacionalidades também em ...

. Mirandês na escola (2017)

. Olivença e a Raia na TVE ...

. Limpeza da ermida de Noss...

. Língua quíchua, mais ensi...

. O asturiano em 2017

. Pastor (Ánchel Lois Salud...

.Arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.Palavras-chave

. todas as tags

.Ligações

.Dicionário galego-português

Pesquisa no e-Estraviz

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
blogs SAPO

.Participem

. Participem neste blógui

.Contadôri

.subscrever feeds