Segunda-feira, 16 de Junho de 2008

No "Llengües Vives"

Saímos no boletim Llengües Vives

(http://www.llenguesvives.org/num66.html).

Nasce Além Guadiana
Foi criada em Olivença a associaçom Além Guadiana com o objectivo de fomentar a cultura portuguesa nos concelhos de Olivença e Táliga, terras ocupadas por Espanha em 1801, durante a Guerra das Laranjas. A iniciativa partiu de um conjunto de oliventinos consciente da grande riqueza que entesoura o património da sua terra. Além Guadiana nasce com a intençom de potencializar o carácter mestiço da sua cultura, tendo entre as suas actividades: contribuir para a promoçom da língua portuguesa em Olivença, realizar acções de sensibilizaçom, valorizar a cultura portuguesa e fomentar o conhecimento e intercâmbio cultural com Portugal (http://alemguadiana.blogs.sapo.pt).

Publicado por AG às 19:53
Ligação da entrada | Comentem | Adicionem aos favoritos
|  O que é? | Partilhári
Comentário(s):
De olivencalivre a 21 de Junho de 2008 às 20:57
Falou-se no "Além-Guadiana" no Congresso do Alentejo, em Beja, 15 de Junho de 2008

INTERVENÇÃO NO 14.º Congresso do Alentejo, 15 de Junho de 2008: Alentejo, Olivença,
"Além-Guadiana"
Data: Sun, 15 Jun 2008 15:50:04 +0100 [15:50:04 WEST]

(...)
Vou passar, agora, a um momento de poesia. Explicarei depois porquê. Ora... ouçam
estas quadras:"Ó minha mãe, minha mãe,/"companhêra" de "mê" pai,/eu "tamêm" sou
"companhêra"/daquele cravo que ali vai!";"Eu tenho uma silva em casa/que me chega à
"cantarêra"/busque "mê" pai quem o sirva/que eu "nã" tenho quem me "quêra"!"; "Olha bem
para o "mê" "pêto"/onde está o coração/vê lá se disto há "dirêto"/diz-me agora: sim ou
não !"; ""Azêtona" pequenina/também vai ao lagar;/eu também sou pequenina/mas sou firme
no amar."; "Saudades, tenho saudades,/saudade das "fêticêras"./Lembrança das amizades/da
terra das "olivêras"."; "/Se eu tivesse não pedia/coisa nenhuma a "nênguém"/mas, como
"nã" tenho, peço/uma filha a quem a tem."
Muitos estarão a pensar: "Mas... o que quer tudo isto dizer? Porquê este momento
poético"?
Pois bem, eu explico: isto são quadras tradicionais de Olivença, que muitos idosos
ainda conhecem. Aliás, segundo dados europeus, 35% dos oliventinos ainda conhece a língua
de Camões.
Ouço-vos pensar: "Lá estão os Amigos de Olivença com as coisas deles!". E eu sei que,
ao falar-se de Olivença, logo se associa tal a conservadorismo, loucura, utopia. Meus
amigos, onde estaríamos nós sem as utopias. Decerto que não estaríamos a realizas um
Congresso sobre o Alentejo...
Mas... tudo bem! Classifiquem quem fala de Olivença como alguém indigno de atenção
cuidada. Sigam a regra, muito portuguesa, de desprezo por vós mesmos, de desprezo pelo
que é português, de pessimismo, de impotência assumida. "Batam" nos Amigos de Olivença,
se quiserem.
Todavia, se Portugal tem direito às águas do Alqueva quase a 100%, isso deve-se à
Questão de Olivença. É uma coisa oficial... que envergonhadamente quase nunca é referida.
Mesmo assim, é algo OFICIAL!!!
Mas... olhem que qualquer coisa está viva en Olivença. Uma coisa que não quer NADA com
os Amigos de Olivença.
Pasmem! No dia 19 de Abril de 2008, surgiu em Olivença uma nova associação: a
"Além-Guadiana". Com gente de lá. Que não quer confusões políticas, pois não pretende
equacionar problemas de soberania. Isso deve ser respeitado.
Essa associação chama a atenção para o facto de a culruta portuguesa estar em risco na
terra das oliveiras. Destaca que, em Olivença, os monumentos, a "fachada", estão muito,
mas mesmo muito bem cuidados. Mas a cultura tradicional, a alma de um povo, está a
morrer. E pedem ajuda.
Essa cultura, essa alma, são alentejanas. Ouçam estes exemplos de palavras da
região:«Azevia/Açubia(-); Alguidári; Alface/Alfaça; Azêtona; Arrecadas/Arcadas (grandes
brincos);Andorinha/Andrurinha; Alarvices; Paleio/Apaleo; Asnêras; Amanhado (arranjado,
preparado);
Alicati; Alentar/Alantar (crescer); Aventar (deitar fora, derrubar);
Vasculho/Basculho(vassoura); Melancia/B´lancia; Barbulha (borbulha)(...); ».
Poderia continuar, mas não o faço. Tenho sessenta cópias da minha intervenção
original, bem como do comunicado da criação do
"Além-Guadiana"(http://alemguadiana.blogs.sapo.pt), a que anexei o texto de
uma entrevista que um dos seus dirigentes deu ao Portal Galego da Língua, para distribuir
por quem quiser.
Termino, dizendo: uma região que tem um pedaço sob

Comentem entrada

.Hora solar de Olivença

.Procurem neste blógui

 

.Que horas são?

Hora oficial:

.Contadôri


contador de visitas

.Entradas recentes

. Cristina Branco

. Prémio "Mais Alentejo" 20...

. Defesa das portas (setemb...

. Um cadinho de fado (Joana...

. Ruas bilingues (mais imag...

. Os Acetre em Olivença pel...

. Ribeiro e Castro e Oliven...

. Nasce "Conexión Lusófona"...

. Portugal ganhou o Euro de...

. Mais sobre o dia de Portu...

.Arquivos

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.Palavras-chave

. todas as tags

.Ligações

.Dicionário galego-português

Pesquisa no e-Estraviz

.Dezembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO

.Participem

. Participem neste blógui

.Contadôri

.subscrever feeds