Terça-feira, 12 de Março de 2013

Apresentação de "Retratos de gente em procissão" (5.IV.2013)

Aragonez Marques
Sentimo-nos: retratados
Música: gente em procissão
Publicado por AG às 16:33
Ligação da entrada | Comentem | Adicionem aos favoritos
|  O que é? | Partilhári
Comentário(s):
De olivencalivre a 3 de Maio de 2013 às 16:29
OUTRO LANÇAMENTO DE LIVROS....

LINHAS DE ELVAS, 03 de Maio de 2013 //PRESERVAÇÃO DA PONTE DA AJUDA DEFENDIDA
(duas fotografias: uma com a assistência da sala e a mesa ao fundo, outra com os dois livros lançados)
José Reis de Oliveira e Luís Limpo Píriz, autores dos livros "A Ponte velha da Ajuda, uma ruína romântica entre Elvas e Olivença" e "Ajuda; último puente-fortaleza de Europa", respectivamente, defenderam, no passado dia 23 de Abril, a "preservação das ruínas" da antiga Ponte da Ajuda.
Esta opinião dos dois investigadores foi dada a conhecer durante a apresentação das suas obras, numa iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Elvas para assinalar o Dia Mundial do Livro e que teve lugar nas instalações da Biblioteca.
"Neste momento, a antiga Ponte da Ajuda deve manter-se tal como está. O que foi recuperado na parte espanhola não foi o adequado, porque usaram cimento, ou seja, não foi feito um trabalho respeitando as características da construção da época. Portanto, acho que é mais representativo, como monumento, estar como está. Nós olhamos para aquele monumento e temos toda a História subjacente", disse al "Linhas" José Reis de Oliveira.
Luís Limpo Píriz também defende a "preservação das ruínas" para "evitar" a sua degradação, "visto o dano irreversível que se fez na margem esquerda, do lado espanhol", e acrescenta que "se deve cuidar o entorno [área envolvente]", criando acessibilidades à ponte e disponibilizando "algumas explicações à volta que permitam às pessoas saber o que têm à sua frente."
Em relação às obras apresentadas, José Reis de Oliveira explicou que fez "um trabalho de investigação sobre a Ponte da Ajuda", onde "os aspectos tratados tiveram a ver com as vicissitudes históricas que foram vividas".
Já Luís Limpo Píriz pretendeu "interpretar o monumento", respondendo à pergunta "porque é que foi construído". "É uma pergunta que parece simples, mas não é. A resposta é o interesse estratégico que tinha o território de Olivença na margem esquerda do Guadiana, dada a rivalidade que havia entre Castela e Portugal", referiu.
Em jeito de balanço, a vereadora Elsa Grilo afirmou que "foi uma excelente apresentação de duas obras sobre a velha Ponte da Ajuda e com casa cheia, o que é motivo de grande satisfação". "Enche-nos de orgulho que tantos portugueses como espanhóis tenham tanto interesse pelo património da nossa cidade e adiram desta forma massiva às iniciativas que realizamos", concluiu.

Comentem entrada

.Hora solar de Olivença

.Procurem neste blógui

 

.Que horas são?

Hora oficial:

.Contadôri


contador de visitas

.Entradas recentes

. "Ruas e aldeias de Oliven...

. Ruas bilingues em Táliga?

. Nacionalidades também em ...

. Mirandês na escola (2017)

. Olivença e a Raia na TVE ...

. Limpeza da ermida de Noss...

. Língua quíchua, mais ensi...

. O asturiano em 2017

. Pastor (Ánchel Lois Salud...

. Português cristang ou cri...

.Arquivos

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.Palavras-chave

. todas as tags

.Ligações

.Dicionário galego-português

Pesquisa no e-Estraviz

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO

.Participem

. Participem neste blógui

.Contadôri

.subscrever feeds