Sexta-feira, 29 de Janeiro de 2010

O nosso português... no Estatuto? (II)

O Despertador, de Elvas, publica (em 27 de janeiro de 2010) a seguinte carta, interessante para os defensores do português oliventino:

 

O ESTATUTO DA EXTREMADURA ESPANHOLA FOI ATRASADO... POR CAUSA DE OLIVENÇA!

 

O novo estatuto autonómica da Extremadura espanhola deverá ver a sua aprovação atrasada, e ser obrigado a contemplar a existência do Português de Olivença e Táliga. Recorde-se que, em 2008, o Português de Olivença e Táliga foi considerado pelos departamentos especializados da União Europeia como sendo uma característica cultural pouco acarinhada, e muito menos "protegida"... e isto independentemente de considerações sobre a legalidade da soberania a que a região deverá obedecer. Agora, nas Cortes espanholas (Parlamento), o Grupo parlamentar do Bloco Nacionalista Galego impediu a aprovação do Estatuto da Região da Extremadura, exactamente porque considera que o português de Olivença é algo muito específico e já alvo de reparos europeus quanto à sua situação no terreno, e tal particularidade não se encontrar referida no Estatuto proposto.

O grupo parlamentar em questão quer também salvaguardar outros aspectos, como o do dialecto "galaicoportuguês" que se fala "en el Valle de Jálima" (Serra da Gata). Parece, pois, que apesar de alguma inexplicável quase indiferença em Portugal, que francamente não parece minimamente lógica, o português de Olivença vai somando algumas vitórias, pelo que o grupo oliventino que por ele mais se bate (a Associação "Além Guadiana") se pode orgulhar de, em pouco tempo, estar a alcançar sucessos notáveis. Espera-se que, da parte de autoridades portuguesas, nomeadamente dos meios intelectuais, surjam reacções de regozijo e apoio perante tais novos desenvolvimentos. Vamos [a] ver o que se seguirá!


Estremoz, 17 de Dezembro de 2009. Carlos Eduardo da Cruz Luna.

 

Publicado por AG às 12:43
Ligação da entrada | Comentem | Adicionem aos favoritos
|  O que é? | Partilhári
Comentário(s):
De Rafael Pereira a 29 de Janeiro de 2010 às 17:04
Já é tempo de os Portugueses de Olivença assumirem a sua nacionalidade étnica e reivindicarem os direitos que lhe são reconhecidos pela União Europeia e por Espanha, signatária do Tratado de Viena, exigirem o português oliventino como língua oficial no Território e um Estatuto de Autonomia separado de Extremadura. Nunca aceitaremos a integração e nunca transigiremos nos nossos direitos, reconhecidos internacionalmente. Aos hesitantes dizemos que é preciso andar para chegar ao destino.
Rafael Pereira

Comentem entrada

.Hora solar de Olivença

.Procurem neste blógui

 

.Que horas são?

Hora oficial:

.Contadôri


contador de visitas

.Entradas recentes

. Olivença e a Raia na TVE ...

. Limpeza da ermida de Noss...

. Língua quíchua, mais ensi...

. O asturiano em 2017

. Pastor (Ánchel Lois Salud...

. Português cristang ou cri...

. Dia de Portugal em Oliven...

. Línguas americanas na Amé...

. Volta a língua portuguesa...

. "Tinta verde" (Vitorino):...

.Arquivos

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.Palavras-chave

. todas as tags

.Ligações

.Dicionário galego-português

Pesquisa no e-Estraviz

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
blogs SAPO

.Participem

. Participem neste blógui

.Contadôri

.subscrever feeds