Sábado, 7 de Outubro de 2017

"Ruas e aldeias de Olivença", livro de González Carrillo (2017)

José Antonio González Carrillo lança o seu novo livro, reflexão sobre a permanência da lembrança individual

O escritor José Antonio González Carrillo acaba de lançar o seu oitavo livro, intitulado Ruas e aldeias de Olivença - Egocídio. É um trabalho introspetivo que, com o pretexto das ruas de Olivença y das suas aldeias históricas, aprofunda no valor da lembrança individual e na sua permanência perante a predominância da memória coletiva.

01.jpg

 

 

O livro, que já está à venda, é lançado numa cuidada edição limitada e numerada onde foi mimado minuciosamente o tratamento gráfico para potenciar o caráter pessoal e intimista que se reflete em todas as páginas.

Os livros do autor, tendo sempre ampla repercussão, quer no panorama nacional, quer no internacional, receberam diferentes galardões e reconhecimentos do setor e da crítica. Hoje, e paralelamente ao lançamento desta nova publicação, González Carrillo trabalha na preparação de diversos projetos. Entre as suas publicações, aparecem títulos como Oliventinos (2005), Saudade (2006), Olivenza oculta (2009), La herencia portuguesa en las cofradías de Olivenza (2010), Almas da Magdalena (2011), Quando já não estivermos (2012) ou Matriz (2013).

Videoclipe promocional: https://youtu.be/7ud8DwZ5mM0

À venda em: www.gonzalezcarrillo.com

Setembro de 2017

 

José Antonio González Carrillo lanza su nuevo libro, una reflexión sobre la permanencia del recuerdo individual

El escritor José Antonio González Carrillo acaba de lanzar su octavo libro titulado Ruas e aldeias de Olivença - Egocídio. Un trabajo introspectivo que, con el pretexto de las calles de Olivenza y sus aldeas históricas, ahonda en el valor del recuerdo individual y de su permanencia frente a la predominancia de la memoria colectiva.

El libro, que ya está a la venta, se lanza en una cuidada edición limitada y numerada donde se ha mimado minuciosamente el tratamiento gráfico para potenciar el carácter personal e intimista que se refleja en todas sus páginas.

Los libros del autor, teniendo siempre una amplia repercusión tanto en el panorama nacional como internacional, han recibido diferentes galardones y reconocimientos por parte del sector y la crítica. En la actualidad y paralelamente al lanzamiento de esta nueva publicación, González Carrillo trabaja en la preparación de diversos proyectos. Entre sus publicaciones aparecen títulos como Oliventinos (2005), Saudade (2006), Olivenza oculta (2009), La herencia portuguesa en las cofradías de Olivenza (2010), Almas da Magdalena (2011), Cuando ya no estemos (2012) o Matriz (2013).

Bibliotráiler: https://youtu.be/7ud8DwZ5mM0

A la venta en: www.gonzalezcarrillo.com

Septiembre de 2017

 

 

REGIÓN DIGITAL:

José Antonio González Carrillo lanza su nuevo libro

https://www.regiondigital.com/noticias/portada/283130-jose-antonio-gonzalez-carrillo-lanza-su-nuevo-libro.html

 

LINHAS DE ELVAS:

José Antonio González Carrillo acaba de lançar o seu oitavo livro

https://www.linhasdeelvas.pt/noticias/actual/7726-jose-antonio-gonzalez-carrillo-acaba-de-lancar-o-seu-oitavo-livro.html

 

Publicado por AG às 08:40
Ligação da entrada | Comentem | Adicionem aos favoritos
|  O que é? | Partilhári

.Hora solar de Olivença

.Procurem neste blógui

 

.Que horas são?

Hora oficial:

.Contadôri


contador de visitas

.Entradas recentes

. "Ruas e aldeias de Oliven...

. Ruas bilingues em Táliga?

. Nacionalidades também em ...

. Mirandês na escola (2017)

. Olivença e a Raia na TVE ...

. Limpeza da ermida de Noss...

. Língua quíchua, mais ensi...

. O asturiano em 2017

. Pastor (Ánchel Lois Salud...

. Português cristang ou cri...

.Arquivos

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.Palavras-chave

. todas as tags

.Ligações

.Dicionário galego-português

Pesquisa no e-Estraviz

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO

.Participem

. Participem neste blógui

.Contadôri

.subscrever feeds