Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ALÉM GUADIANA

Associação Além Guadiana (língua e cultura portuguesas em Olivença): Antigo Terreiro de Santo António, 13. E-06100 OLIVENÇA (Badajoz) / alemguadiana@hotmail.com / alemguadiana.com

ALÉM GUADIANA

Associação Além Guadiana (língua e cultura portuguesas em Olivença): Antigo Terreiro de Santo António, 13. E-06100 OLIVENÇA (Badajoz) / alemguadiana@hotmail.com / alemguadiana.com

Contadôri

Flag Counter

Vozes da África

AG, 13.09.08

África. Continente imenso. Universo de paisagens. Origem da humanidade. Terra de contradições. Sofrimento e beleza.

 

Uma das maneiras de chegar ao continente africano é através da música. Cesária Évora e Salif Keita representam duas das maiores vozes que nos chegaram do sul.

 

 

 

Cesaria Évora, nascida na ilha de São Vicente (antiga colónia portuguesa de Cabo Verde) é considerada a “rainha da morna”, uma música que mistura tradição local com influências europeias e americanas. A voz profunda e melancólica de Cesária, sempre com um sorriso, fala do sofrimento, a melancolia e a distância numa ilha que viu sair muitos escravos da África.

 

Salif Keita, “a voz de ouro”, pertence a família nobre, a mesma que fundou o império do Mali no século XIII. Mas, apesar disso, teve um passado difícil. Salif Keita nasceu albino, um sinal de má sorte no seu país. Sofreu desprezo por isso e teve que emigrar. As suas canções estão cheias de sensibilidade.

 

 

 

Três belíssimas canções (“Yamore”, “Folon” e “Petit Pays”), representam a beleza da África através de duas grandes vozes.

 

http://es.youtube.com/watch?v=UkUUaxjQCfI

 

http://es.youtube.com/watch?v=3vGBExhxpF4

 

http://es.youtube.com/watch?v=8kSvZJx7v7Q

 

Joaquín Fuentes Becerra

 

4 comentários

Comentar post