Domingo, 31 de Dezembro de 2017

Plano para o português em Olivença (2017)

A Comissão Educativa para a Língua e Cultura Portuguesa, constituída por representantes dos Centros Educativos, da C.M. de Olivença, da Associação Cultural Além Guadiana e da cidadania, apresentaram, no dia 30 de dezembro de 2017, à Conselheira da Educação da Junta da Estremadura, o Plano Específico para a Língua e Cultura Portuguesa em Olivença, com o intuito de caminhar para o bilinguismo na nossa cidade.

26047321_514644425569691_5637593735878852458_n.jpg

Este projeto não se cinge só ao âmbito escolar, mas também é extensível ao conjunto de dimensões que constitui a cidadania. Ao traço linguístico deve-se unir o cultural, que nos tornam singulares. A transversalidade há de conseguirse através da cooperação de todos os estamentos. Com o que pode vir a representar o bilinguismo na nossa terra, devemos juntar forças entre todos, Câmara, Governo Regional, escolas, associações e cidadania.

La Comisión Educativa para la Lengua y Cultura Portuguesa, constituida por representantes de los Centros Educativos, Ayuntamiento, Asociación Cultural Além Guadiana y la ciudadanía, presentaron, el 30 de diciembre de 2017, a la Consejera de Educación de la Junta de Extremadura, el Plan Específico para la Lengua y Cultura Portuguesa en Olivenza, con el objetivo de caminar hacia el bilingüismo en nuestra ciudad. Este proyecto no se ciñe solo al ámbito escolar, sino que también se hace extensible al conjunto de las dimensiones que constituye la ciudadanía. Al rasgo lingüístico se debe unir el cultural, los cuales nos hacen singulares. La transversalidad ha de conseguirse a través de la cooperación de todos los estamentos. Con lo que puede venir a representar el bilingüismo en nuestra tierra, debemos aunar fuerzas entre todos, Ayuntamiento, Gobierno Regional, escuelas, asociaciones y ciudadanía. 

Associação cultural Além Guadiana de Olivença

 

Publicado por AG às 13:11
Ligação da entrada | Comentem | Adicionem aos favoritos
Partilhári
Comentário(s):
De Anónimo a 19 de Janeiro de 2018 às 18:25
PÚBLICO, 18 JANEIRO 2018, pág. 46

AUTORIDADES LOCAIS PROPÕEM BILINGUISMO PARA OLIVENÇA

O ano de 2017 terminou com um facto que, a confirmar-se a sua aceitação, pode ser considerado uma grande vitória da Lusofonia. Na verdade, a Comissão Educativa para a Língua e Cultura Portuguesa de Olivença, constituída por representantes dos Centros Educativos, da Câmara Municipal. de Olivença, da Associação Cultural (oliventina) Além Guadiana e da cidadania em geral, apresentaram, no dia 30 de dezembro de 2017, à Conselheira da Educação da Junta da Estremadura (espanhola), aquilo que denominaram "Plano Específico para a Língua e Cultura Portuguesa em Olivença", com o intuito de caminhar para o bilinguismo na cidade. Ao que parece, e de acordo com um comunicado camarário, este projeto "não se cinge só ao âmbito escolar, mas também é extensível ao conjunto de dimensões que constitui a cidadania". E, continuando a citar, "ao traço linguístico deve-se unir o cultural, que tornam singulares os oliventinos; a transversalidade conseguir-se-á através da cooperação de todos os setores; com o que pode vir a representar o bilinguismo em Olivença, deverão os oliventinos juntar forças entre todos (Câmara, Governo Regional, escolas, associações e prática de cidadania)".
Tudo isto se passa por iniciativa duma associação local(Além-Guadiana) que, sem se intrometer nas questões de soberania, tem, desde 2008, feito o possível e o impossível para recuperar a cultura portuguesa em Olivença. Já logrou convencer as autoridades a proceder a várias formas de bilinguismo toponímico (caso das placas das ruas), e, desde 2014/15, tomou a iniciativa de reivindicar a nacionalidade portuguesa para os oliventinos que o reivindiquem (ronda quase o milhar os que a obtiveram). Sabiamente, as autoridades locais têm sido sensíveis, acedendo a escutar um apelo que é, antes de tudo, cultural e histórico. Falta que, em Portugal, se estendam muitas mãos a quem, num número cada vez mais significativo, quer ter voz na Lusofonia!

Estremoz, 15 de janeiro de 2018

Carlos Eduardo da Cruz Luna

De Carlos Eduardo da Cruz Luna a 19 de Janeiro de 2018 às 18:26
PÚBLICO, 18 JANEIRO 2018, pág. 46

AUTORIDADES LOCAIS PROPÕEM BILINGUISMO PARA OLIVENÇA

O ano de 2017 terminou com um facto que, a confirmar-se a sua aceitação, pode ser considerado uma grande vitória da Lusofonia. Na verdade, a Comissão Educativa para a Língua e Cultura Portuguesa de Olivença, constituída por representantes dos Centros Educativos, da Câmara Municipal. de Olivença, da Associação Cultural (oliventina) Além Guadiana e da cidadania em geral, apresentaram, no dia 30 de dezembro de 2017, à Conselheira da Educação da Junta da Estremadura (espanhola), aquilo que denominaram "Plano Específico para a Língua e Cultura Portuguesa em Olivença", com o intuito de caminhar para o bilinguismo na cidade. Ao que parece, e de acordo com um comunicado camarário, este projeto "não se cinge só ao âmbito escolar, mas também é extensível ao conjunto de dimensões que constitui a cidadania". E, continuando a citar, "ao traço linguístico deve-se unir o cultural, que tornam singulares os oliventinos; a transversalidade conseguir-se-á através da cooperação de todos os setores; com o que pode vir a representar o bilinguismo em Olivença, deverão os oliventinos juntar forças entre todos (Câmara, Governo Regional, escolas, associações e prática de cidadania)".
Tudo isto se passa por iniciativa duma associação local(Além-Guadiana) que, sem se intrometer nas questões de soberania, tem, desde 2008, feito o possível e o impossível para recuperar a cultura portuguesa em Olivença. Já logrou convencer as autoridades a proceder a várias formas de bilinguismo toponímico (caso das placas das ruas), e, desde 2014/15, tomou a iniciativa de reivindicar a nacionalidade portuguesa para os oliventinos que o reivindiquem (ronda quase o milhar os que a obtiveram). Sabiamente, as autoridades locais têm sido sensíveis, acedendo a escutar um apelo que é, antes de tudo, cultural e histórico. Falta que, em Portugal, se estendam muitas mãos a quem, num número cada vez mais significativo, quer ter voz na Lusofonia!

Estremoz, 15 de janeiro de 2018

Carlos Eduardo da Cruz Luna

Comentem entrada

.Hora

Hora
portuguesa

.Procurem neste blógui

 

.Contadôri

Flag Counter

.Entradas recentes

. "A fala" em 2018 segundo ...

. Vitorino: "Saias da feira...

. Soidi (documentário sobre...

. Ruas em português em Táli...

. Missa da Madalena na TVI ...

. Olivença / Belmonte (23.I...

. I dia das línguas da Estr...

. Morreu Ricardo Farinha (a...

. Ruas em leonês em Leão (2...

. Sardo e alguerês, línguas...

.Arquivos

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.Palavras-chave

. todas as tags

.Ligações

.Dicionário galego-português

Pesquisa no e-Estraviz

.Novembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
blogs SAPO

.Participem

. Participem neste blógui

.subscrever feeds