Quarta-feira, 10 de Outubro de 2018

Ruas em português em Táliga (2018) no Canal Extremadura TV

 http://www.canalextremadura.es/alacarta/tv/videos/taliga-entre-extremadura-y-portugal

 

Nota: praça (não "praga").

 

Publicado por AG às 19:13
Ligação da entrada | Comentem | Adicionem aos favoritos
Partilhári
Comentário(s):
De Carlos Eduardo da Cruz Luna a 13 de Outubro de 2018 às 14:39
NOMES ESPANHÓIS E PORTUGUESES DAS RUAS DE TÁLIGA (TALEGA)

Plaza del Castillo-Praça do Castelo(até 1915, eram visíveis alicerces do que se pensa ter sido um castelo);C. N. Señora de Guadaalupe-Rua Corta (forma portuguesa ALENTEJANA de decir "cortada"),; Plaza de España-Adro da Igreja; Calle Badajoz-Rua de Badajoz; Calleja del Castillo-Azinhaga do Castelo; Plaza Luis Chamizo- Praça (Mercado);Calle hernán Cortés-Rua dos Ventos; Calle Norte-Rua Escura; Calle Molino-Rua do Moinho; Calleja Iglesia-Travessa de Igreja; Calle Francisco Pizarro o Calle Escalones-Rua das Escadinhas, ou Rua dos Degraus; Calle Grande- Carreira, ou Rua Grande; Calle Huertas-Rua dos Hortos, ou Rua das Hortas (um "horto" é uma horta pequena); C.N.S.de los Santos o Calle "chica"-Rua Pequena; Calle Piedra-Rua da Pedra; Plaza Extremadura- Praça Telhada; Calle Francisco Zurbarán-Rua das Cabanas; Calle Heras-Rua das Eiras; Calle Fernando Soto- Rua da Ponte; travesia Piedra-Travessa da Pedra; Calleja Luis Chamizo-Rua da Maria Gama; Travesia de la Piedra - Travessa da Pedra.
De Carlos Eduardo da Cruz Luna a 13 de Outubro de 2018 às 14:41
NOMES ESPANHÓIS E PORTUGUESES DAS RUAS DE TÁLIGA (TALEGA)

Plaza del Castillo-Praça do Castelo(até 1915, eram visíveis alicerces do que se pensa ter sido um castelo);C. N. Señora de Guadaalupe-Rua Corta (forma portuguesa ALENTEJANA de decir "cortada"),; Plaza de España-Adro da Igreja; Calle Badajoz-Rua de Badajoz; Calleja del Castillo-Azinhaga do Castelo; Plaza Luis Chamizo- Praça (Mercado);Calle hernán Cortés-Rua dos Ventos; Calle Norte-Rua Escura; Calle Molino-Rua do Moinho; Calleja Iglesia-Travessa de Igreja; Calle Francisco Pizarro o Calle Escalones-Rua das Escadinhas, ou Rua dos Degraus; Calle Grande- Carreira, ou Rua Grande; Calle Huertas-Rua dos Hortos, ou Rua das Hortas (um "horto" é uma horta pequena); C.N.S.de los Santos o Calle "chica"-Rua Pequena; Calle Piedra-Rua da Pedra; Plaza Extremadura- Praça Telhada; Calle Francisco Zurbarán-Rua das Cabanas; Calle Heras-Rua das Eiras; Calle Fernando Soto- Rua da Ponte; travesia Piedra-Travessa da Pedra; Calleja Luis Chamizo-Rua da Maria Gama; Travesia de la Piedra - Travessa da Pedra.
De Carlos Eduardo da Cruz Luna a 13 de Outubro de 2018 às 14:50
PARTE 1
EM TEXTO: VINTE E UMA RUAS BILINGUES (Português e Castelhano) EM TÁLIGA; Canal Extremadura, entre as 19:00 e as 19:04 espanholas, dia 4-outubro de 2018(TRADUZIDO)

Jornalista/Estúdio- O Português foi a língua materna de muitos extremeños e muitas extremeñas, que o falaram e continuam a falar no plano de escolaridade com total naturalidade, especialmente naquelas povoações junto da fronteira portuguesa. Também fazem parte deste grupo todas as pessoas que frequentam a Escola de Idiomas: por exemplo, para aprender a língua dos nossos vizinhos [portugueses], e em Táliga quiseram levar por diante esta característica tão nossa, na nossa raia hispano-portuguesa, extremeño-portuguesa, como se mostra, como homenagem, nas ruas, e se vai ver a seguir:

Jornalista Carolina Castañer- Táliga é uma localidade com uma particular singularidade; pertenceu durante cinco séculos ao Reino de Portugal. Construções como a "Casa do Alentejo" (Placa toponímica: CASA DO ALEMTEJO:[ o nome da província escrito à antiga]) ainda sobrevivem, {como que] entre acultura portuguesa e a espanhola. Por isso, a 21 ruas acrescentou-se o nome em Português; Boa tarde, David, qual é o objetivo deste projeto de biculturalidade?[IMAGENS: muitas visões gerais de Táliga, e uma informação em rodapé: "Táliga fica a 35 Quilómetros da passagem fronteiriça com Portugal"; curiosamente, não de diz que fica a 19 Km. a sudeste de Olivença, e que, Pela Ponte da Ajuda, são só 29 Quilómetros!]

David Fernández, alcalde de Táliga- Pois... [é] dar um valor "acrescentado" abrangendo três âmbitos: valor simbólico, valor cultural, e valor político.

Jornalista Carolina Castañer- É um projeto de iniociativa camarária sem fundos externos.

David Fernández, alcalde de Táliga- Totalmente, foi feito com os próprios fundos municipais [IMAGEM: placas com dois nomes: "Calle Virgen de Guadalupe//Antiga Rua Cortada], e com muita "ilusão" [crença, fé, determinação], as duas coisas necessárias para conseguir levar por diante o projeto.

Jornalista Carolina Castañer Porque lhes ocorreu a ideia de colocar nas ruas as denominações em português?

David Fernández, alcalde de Táliga- Bem, surgiu também graças à colaboração da Associação Além Guadiana, de Olivença, cujos membros, depois de verem o interesse que sentimos em Táliga por valorizar a nossa identidade, propôs-nos o estudo e a complementarização das nossas ruas com os nomes portugueses.

Jornalista Carolina Castañer- Estamos na "Plaza del Castillo", portuguesa...

David Fernández, alcalde de Táliga- "Praça do Castelo"... [IMAGEM: Vê-se, em destaque, a Placa toponímica bilingue; sucedem-se imagens com chaminés alentejanas]

Jornalista Carolina Castañer- Exatamente, este é o lugar mais antigo de Táliga.

David Fernández, alcalde de Táliga- Sim, sim, crê-se que é a zona onde foi fundado o município de Táliga, na praça do castelo. [EM RODAPÉ, a informação: "o município começou por ser uma freguesia/paróquia que fez parte de Olivença"; não se diz que o foi até 1850]

Jornalista Carolina Castañer- As chaminés e as casas alentejanas são um dos traços da cultura portuguesa que ainda sobrevive aqui em Táliga.

David Fernández, alcalde de Táliga- Sim, claro; por cinco séculos, fomos portugueses, e, bom, aqui ainda sobrevivem, claro, vários exemplos dessa identidade portuguesa em Táliga. Precisamente com estas nossas majestosas chaminés [IMAGEM] que são um reflexo desse Alentejo que no dia de hoje (hoje em dia) é irmão da nossa zona raiana com Táliga.

Jornalista Carolina Castañer- A Igreja de Nossa Senhora da Assunção é outra das reminiscências da cultura portuguesa em Táliga.

David Fernández, alcalde de Táliga- Assim é, Carolina, precisamente a igreja é o ponto central do município [muitas imagens, de vários ângulos, da igreja], e um claro exemplo do passado português de Táliga, e, de facto, vê-se precisamente na forma de construção que tem, na sua fisionomia: uma só nave, e com uma só torre lateral, muito característica. Pois, sempre digo que se te vendam os olhos, te trazem aqui e te tiram a venda, dirias que estás em qualquer povoação portuguesa.
(CONTINUA)
De Carlos Eduardo da Cruz Luna a 13 de Outubro de 2018 às 14:52
PARTE 2/FIM
EM TEXTO: VINTE E UMA RUAS BILINGUES (Português e Castelhano) EM TÁLIGA; Canal Extremadura, entre as 19:00 e as 19:04 espanholas, dia 4-outubro de 2018(TRADUZIDO)
(CONTINUAÇÃO)
Jornalista Carolina Castañer- Estamos andando pela "/Calle"«Antiga Rua Pequena/Nuestra Snra. de los Santos»[IMAGEM]. Que te parece que esteja em Português, esta placa, para além de em espanhol?

CIDADÃ DE TÁLIGA, NÃO IDENTIFICADA - Muito bem, uma boa iniciativa, porque é bom saber, "o saber não ocupa lugar", "o saber não ocupa lugar"

Jornalista Carolina Castañer- Táliga era um município que pertencia ao Reino de Portugal, durante mais de cinco séculos; e aqui há muitas reminiscências portuguesas?

CIDADÃ DE TÁLIGA, NÃO IDENTIFICADA - Sim, sim.

Jornalista Carolina Castañer- Por exemplo, o que há?

CIDADÃ DE TÁLIGA, NÃO IDENTIFICADA - Pois, olha, os doces, a comida, os queijos; há muitas coisas, no plano da gastronomia há muitas coisas; ainda por cima, temos Olivença ao lado, que é uma fonte imparável deles [de elementos portugueses].

Jornalista Carolina Castañer- Mas aqui também está(?) o Português?[NOTA À MARGEM: ainda há, em Táliga, quem fale o Português, embora muito pouca gente; morreu há pouco um taliguenho, Ricardo Farinha, que sabia versos em Português]

CIDADÃ DE TÁLIGA, NÃO IDENTIFICADA - Bom, no colégio aprendem-no as crianças, têm-na como segunda língua, e muito bem, segunda língua estrangeira.

Jornalista Carolina Castañer- Se continuarmos a percorrer as ruas de Táliga, agora estamos a aproximar-nos da antiga "Praga", que significa...

HABITANTE DE TÁLIGA, NÃO IDENTIFICADO- Antiga "Praça"...

Jornalista Carolina Castañer- Você sabe Português?

HABITANTE DE TÁLIGA, NÃO IDENTIFICADO- Não.

Jornalista Carolina Castañer- Gostaria?

HABITANTE DE TÁLIGA, NÃO IDENTIFICADO- "Me encantaria", mas já não, já não.

Jornalista Carolina Castañer- Aqui temos, "La Plaza", antiga "Praga", que na realidade é a Praça Luis Chamizo [IMAGEM da Praça e da placa toponímica bilingue].

[NOTA À MARGEM DO TEXTO: a jornalista e o taliguenha não conhecem o "ç" com cedilha, inexistente na ortografia do castelhano, e leem-no como "G", provocando um diálogo aparentemente sem sentido; o alcalde, esse, sabe ler português, e conduziu a jornalista no início, lendo-lhe as placas; FIM DA NOTA]

HABITANTE DE TÁLIGA, NÃO IDENTIFICADO- Plaza Luis Chamizo, exato, exato, Plaza Luis Chamizo.

Jornalista Carolina Castañer- Que lhe parece este projeto da biculturalidade, para aprender em Português com...

HABITANTE DE TÁLIGA, NÃO IDENTIFICADO- Acho muito bem, porque nós estamos muito próximo de Portugal, estamos próximo, e parece-me bem.

Jornalista Carolina Castañer- Você costuma ir muitas vezes a Portugal?

HABITANTE DE TÁLIGA, NÃO IDENTIFICADO- Sim, eu vou algumas vezes com a minha filha, vou muito a Portugal, além disso foms de férias este ano, no ano passado fomos também...

Jornalista Carolina Castañer- Repete...

HABITANTE DE TÁLIGA, NÃO IDENTIFICADO- Repito, sim.

Jornalista Carolina Castañer- E porque gosta tanto?

HABITANTE DE TÁLIGA, NÃO IDENTIFICADO- Gosto tanto pela comida... A minha filha adora (o doce)...

Jornalista Carolina Castañer- O doce...

HABITANTE DE TÁLIGA, NÃO IDENTIFICADO- O doce....

Jornalista Carolina Castañer- O bacalhau dourado...

HABITANTE DE TÁLIGA, NÃO IDENTIFICADO- O bacalhau dourado.

Jornalista Carolina Castañer- [IMAGENS GERAIS DE TÁLIGA]- Táliga ou Talega, uma localidade com uma "marca" de identidade cultural tanto portuguesa como espanhola, e que continua "marcando a vida dos seus quase 700 habitantes.

(FIM)

Comentem entrada

.Hora

Hora
portuguesa

.Procurem neste blógui

 

.Contadôri

Flag Counter

.Entradas recentes

. "A fala" em 2018 segundo ...

. Vitorino: "Saias da feira...

. Soidi (documentário sobre...

. Ruas em português em Táli...

. Missa da Madalena na TVI ...

. Olivença / Belmonte (23.I...

. I dia das línguas da Estr...

. Morreu Ricardo Farinha (a...

. Ruas em leonês em Leão (2...

. Sardo e alguerês, línguas...

.Arquivos

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.Palavras-chave

. todas as tags

.Ligações

.Dicionário galego-português

Pesquisa no e-Estraviz

.Novembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
blogs SAPO

.Participem

. Participem neste blógui

.subscrever feeds